rb bertomeu, S.L.

 Pol. Ind. Fondo de Llitera, Par. 82-83

E-22520 Fraga, Huesca (España) 

Tel. +34 974 47 48 04

+34 630 43 08 43
www.bertomeu.es

bertomeu@bertomeu.es

 

 

BOLETIM TÉCNICO

Nº 25   

EXPERIÊNCIA À CORROSÃO PARCIAL EXTERIOR DE UM
INTERCOOLER NUMA CENTRAL DE COGERAÇÃO


A experiência corresponde a uma Central de Cogeração com motores Diesel, na qual se efectuou a limpeza dum intercooler, através da imersão do mesmo (previamente desmontado) numa solução aquosa de limpador detergente. A operação realizou-se inserida no procedimento normal de manutenção.

Após efectuar a limpeza, voltou a montar-se o intercooler e pôs-se em funcionamento satisfatoriamente (com boa efectividade de refrigeração), ainda que posteriormente se constatou o desprendimento de várias lamelas de cobre procedentes de uma zona muito concreta e perfeitamente delimitada do refrigerador.

O estudo que encarregou a Central de Cogeração, ao nosso Departamento de Consultoria Técnica para clientes, confirmou que o desprendimento se deveu à corrosão pelo ácido sulfúrico condensado dos gases de combustão do motor, em cujo circuito surgiu uma fuga de gases que incidia sobre o refrigerador, conforme detectou a própria Central. A corrosão foi anterior à limpeza efectuada e as lamelas de cobre desprenderam-se precisamente ao eliminar-se a sujidade e o sulfato de cobre que ajudavam à sustentação precária das lamelas.

Para comprovar que a causa da corrosão foi o SO3 contido na fuga dos gases de escape, tal como se supunha desde o início, procedeu-se à análise e comparação do líquido de limpeza já utilizado com líquido de limpeza, sem utilizar, ficando claro que o líquido já utilizado continha 17 vezes mais cobre que o líquido de limpeza sem utilizar, e, além disso, o cobre estava na forma de sulfato de cobre dissolvido pela cor azulada que tinha o líquido de limpeza utilizado. Isto apenas podia ser causado pelo sulfato de cobre aderido às lamelas semicorroídas anteriormente à limpeza, já que o detergente de limpeza continha um nível muito pequeno de iões SO4:

 

 

Líquido utilizado

Líquido sem utilizar

 

Conteúdo de Cobre (Cu)

17 ppm

1 ppm

 

Conteúdo de Sulfatos (SO4)

5500 ppm

476 ppm

 

Cor do líquido

azulada (1)

incolor

(1) Cor típica do CuSO4. 5H2O (sulfato de cobre pentahidratado) e as suas soluções aquosas, formado na reacção entre o SO3, o H2O dos gases e o Cu das lamelas.

A conclusão é que deve controlar-se o aparecimento de possíveis fugas de gases de escape e a sua incidência sobre partes metálicas, já que a condensação do H2SO4 a partir do SO3 dos gases, provocará corrosões.

 

 

 

 

 

 

 

Pulse aqui para ver os boletins anteriores
Fabricante de aditivos para óleo combustível e óleo cru
(c) rb bertomeu, S.L. - Copyright