rb bertomeu, S.L.

 Pol. Ind. Fondo de Llitera, Par. 82-83

E-22520 Fraga, Huesca (España) 

Tel. +34 974 47 48 04

+34 630 43 08 43
www.bertomeu.es

bertomeu@bertomeu.es

 

 

BOLETIM TÉCNICO

Nº 23   

PROBLEMAS COMUNS EM MOTORES DIESEL AO UTILIZAR FUELÓLEOS
DE BAIXAS PROPRIEDADES DE COMBUSTÃO


Quando se utilizam fuelóleos de baixas propriedades de combustão, em motores Diesel, podem aparecer fenómenos que originam problemas no funcionamento de referidos motores. Entre estes, os mais conhecidos são o Scuffing e o Liner Lacquering, que aparecem sobretudo quando se trabalha na máxima capacidade.

Scuffing:

Um fuelóleo com baixas propriedades de combustibilidade (Densidade elevada, C.C.A.I. elevado, etc.) tende a queimar empregando mais tempo que outro fuelóleo de maior qualidade.

Devido ao aumento do tempo de combustão do fuelóleo, na câmara de combustão do motor, a chama pode alcançar a parede do cilindro e queimar a película de óleo lubrificante que a protege. Isto pode provocar um processo de abrasão ou desgaste das superfícies implicadas: camisas e aros.

Este fenómeno é conhecido como scuffing e caracteriza-se pelo aparecimento de marcas, atritos ou riscos nas superfícies antes indicadas.

Liner Lacquering:

Um fuelóleo contendo grande quantidade de hidrocarbonetos poliaromáticos ou com maiores percentagens de asfaltenos e resinas, produz resíduos de combustão com partículas de não-queimados que podem incorporar-se nas ranhuras das camisas dos cilindros que garantem a passagem e distribuição do óleo lubrificante.

A acumulação destas aderências resino-asfalténicas forma uma espécie de capa de verniz ou laca sobre a camisa do cilindro, fenómeno conhecido como liner lacquering.

Como consequência, existe menor quantidade de óleo lubrificante entre as superfícies de contacto da camisa do cilindro e o pistão e mais quantidade de óleo alcança a câmara de combustão e se queima. Isso provoca um aumento do consumo de óleo lubrificante e, só em casos muito extremos, chega a produzir danos no motor.

O tratamento do fuelóleo com bons aditivos, como o são “rb bertomeu” beco F1/ASF e “rb bertomeu” beco F1-Ship, específicos para motores Diesel de Centrais de Cogeração e de Navios respectivamente, ajuda a minimizar o aparecimento destes fenómenos. É normal que, com o uso regular dos citados aditivos, além das principais vantagens de poupança de combustível, redução de corrosões, redução de lamas de fuelóleo, etc., se produza uma diminuição do consumo de óleo lubrificante na ordem dos 15-20%, o que confirma as suas propriedades de melhorador da combustão de asfaltenos e outros hidrocarbonetos pesados.

 

 

 

 

 

 

 

Pulse aqui para ver os boletins anteriores
Fabricante de aditivos para óleo combustível e óleo cru
(c) rb bertomeu, S.L. - Copyright